Rio Branco, Acre,


Jogadores decretam greve e se recusam a treinar na Ponte Preta

Os atletas se reuniram no estacionamento do CT do Jardim Eulina, em Campinas (SP), e decidiram não treinar por conta de atrasos salariais

Ponte Preta ganhou mais um problema na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Os jogadores do clube paulista se reuniram nesta quarta-feira (13/1), no estacionamento do CT do Jardim Eulina, em Campinas (SP), e decidiram não treinar por conta de atrasos salariais. A direção ainda não se manifestou sobre a greve do elenco alvinegro.

A diretoria estaria devendo três meses de direito de imagem, premiações por vitórias ao longo da Série B, 13º salário e férias. Além disso, o clube cortou 25% dos direitos de imagem no início da pandemia do novo coronavírus e fez um acordo com o elenco para pagar o valor em 10 vezes. Apenas uma parcela, no entanto, foi paga até agora.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up