25 C
Rio Branco
8 maio, 2021 1:22 pm

Bebê indígena morre de covid-19 no AC após demora de 7 dias para ser atendida

Ao todo, foram 7 dias de viagem para socorrer a bebê. Kampa morreu no hospital, 3 horas depois de sua chegada

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

A bebê ashaninka Bianca Kampa, de apenas dois meses, foi mais uma vítima fatal da covid-19, no interior do Acre.

Moradora da Aldeia Nova Floresta, no Rio Envira, em Feijó, Bianca demorou a receber atendimento especializado, por conta da distância.

Uma equipe de saúde foi enviada ao local, mas demorou quatro dias para chegar e mais três dias para retornar. Ela ainda chegou a receber atendimento, mas não resistiu.

Ao todo, foram 7 dias de viagem para socorrer a bebê. Kampa morreu no hospital, 3 horas depois de sua chegada.

Sua morte saiu no boletim epidemiológico desta quarta-feira (21).

Em todo o Acre, 14 povos indígenas já foram atingidos pela doença.