28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 4:44 pm

Esposa de empresário com contrato público milionário ganhou Bolsa Família

Em três anos, a Obraplan recebeu R$ 5,6 milhões da Prefeitura de Coremas. Mulher embolsou nove parcelas do auxílio emergencial

POR METRÓPOLES

O governo federal pagou Bolsa Família e auxílio emergencial a uma família dona de empresa que tem contrato milionário com a Prefeitura de Coremas, a 402 km de João Pessoa, na Paraíba.

A maior parte (cerca de 60%) desse valor se refere à prestação de serviços de coleta de lixo.

O dono da empresa é Geraldo Virgolino da Silva. Ele é marido de Rita de Andrade Silva, que recebeu os benefícios do governo, e pai de Jhonatan Andrade da Silva, que também foi sócio da Obraplan.

Jhonatan deixou a empresa do pai em 2019 e criou a Jhonatan Andrade da Silva Eireli, que já fechou contrato, por exemplo, com a Prefeitura de Piancó, a 35 km de Coremas, para reformar o estádio municipal, por R$ 114 mil.

O Bolsa Família em Coremas foi alvo de auditoria realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU) à qual o Metrópoles teve acesso.

No total, o órgão identificou o pagamento indevido de R$ 287 mil, entre janeiro e outubro de 2019, a uma série de beneficiários na cidade.

Mais de 130 famílias estariam inelegíveis para fins de concessão dos benefícios do programa – em uma cidade que hoje paga o Bolsa Família a 2,7 mil pessoas.