20.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 11:59 am

Professores podem encerrar greve no Acre após audiência com o governo

Fim do movimento vai depender de propostas a serem apresentadas pelo estado no próximo dia 9

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

A greve dos trabalhadores em Educação no Acre chega, nesta segunda-feira (31), ao seu 19º dia com perspectiva de encerramento para a semana que vem, a depender das propostas a serem apresentadas pelo governo durante audiência de conciliação mediada pelo Tribunal de Justiça (TJAC), marcada para o próximo dia 9.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhos em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, a agenda representa um avanço na luta dos grevistas. “Teremos sim grandes chances de encerrar nossa greve com uma proposta. Esperamos até que antes mesmo dessa audiência possamos avançar”.

Na semana passada, os trabalhadores tiveram uma reunião com o desembargador do TJAC, Junior Alberto, que dias antes havia acatado o pedido do governo e tornado a greve ilegal. Em sua decisão, o magistrado se valeu de matérias jornalísticas dando conta da adesão de 90% ao movimento, o que feriria a lei de greve, que determina que pelo menos 30% dos servidores continue trabalhando.

No entanto, o Sinteac esclareceu que os 90% corresponderiam à quantidade de escolas com algum tipo de serviço paralisado, e não à adesão de trabalhadores. Foi o que o ContilNet noticiou no dia 15 de maio. Com isso, os professores e servidores pediram o fim do embargo à greve e fizeram várias manifestações na frente de órgãos públicos, momento em que foram convidados pelo desembargador para a reunião e de lá saíram com a audiência de conciliação marcada.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.