27.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 7:59 pm

Uber pode estar com dias contados no Brasil: entenda como

POR TERRA

Última atualização em 13/11/2021 14:42

O sistema de transporte por aplicativos recebeu quatro ações ajuizadas pelo Ministério Público do Trabalho em São Paulo nesta semana. Caso as ações prosperem, o serviço pode ser inviabilizado e extinto no país.

As ações valem para São Paulo mas terão amplitude nacional.

Segundo o Ministério Público, o fato de 99% dos motoristas terem trabalhado para aplicativos de transporte durante pelo menos quatro dias por semana entre 2018 e 19 caracteriza vínculo empregatício ― logo, os trabalhadores deveriam receber os direitos da CLT (Consolidação da Legislação Trabalhista).

As empresas se defendem pelo mesmo argumento, de que não existe empresa que aceite vínculo trabalhista caso o empregado trabalhe quatro dias e falte um na semana recorrentemente.

E mais: de que os motoristas têm liberdade de ligarem e desligarem os aplicativos quando quiserem e pelo tempo que quiserem sem que sejam punidos por isso.

Caso as ações prosperem, a multa sugerida é de R$ 10 mil por motorista. Apenas a Uber possui mais de um milhão de motoristas em seu sistema no país.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.