23 de abril de 2024

No Acre, número de casos de SRAG deve continuar aumentando nos próximos dias, diz Fiocruz

Os dados são do Boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou no último boletim InfoGripe, referente a Semana Epidemiológica (SE) 6 de 2024, de 4 a 10 de fevereiro, a tendência do aumento nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em diversos estados do Brasil e o Acre é um deles.

O estado aparece com tendência de aumento nos casos de SRAG a longo prazo, junto com Amazonas, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Tocantins.

Acre e outros estados tem tendência de crescimento/Foto: Reprodução

Em relação aos casos de SRAG por covid-19, nos estados do AC, AM, GO, MT, SP e TO os dados por faixa etária e resultados laboratoriais apontam associação com o sinal de aumento nos casos de SRAG em geral.

Cenário nacional

No contexto nacional, porém, a tendência é de queda no longo prazo (últimas seis semanas) e de crescimento no curto prazo (últimas três semanas), provavelmente puxada pela diminuição na região Norte e aumento no Centro-Oeste e Sudeste do país.

Acre apresenta crescimento a longo prazo em casos de SRAG/ Foto: Reprodução

O boletim ainda indica que os dados de mortalidade por SRAG Covid nas últimas semanas tem mantido-se estáveis, com maior impacto nas crianças de até dois anos de idade e na população a partir de 65 anos.

Nas quatro últimas semanas epidemiológicas, a prevalência entre os casos como resultado positivo para vírus respiratórios foi de influenza A (7,3%), influenza B (0,4%), vírus sincicial respiratório (11%) e Sars-CoV-2/Covid-19 (65,6%). Entre os óbitos, a presença desses mesmos vírus entre os positivos foi de influenza A (2,4%), influenza B (0,0%), vírus sincicial respiratório (0,8%) e Sars-CoV-2/Covid-19 (91,9%).

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost