21 de abril de 2024

Exclusivo: a verdade sobre a treta ao vivo de Nego do Borel no SBT

A coluna descobriu detalhes do empurrão que o cantor deu em Luiz Otávio Mesquita durante o Domingo Legal e revela agora para vocês

Instagram/Reprodução

Uma treta Nego do Borel e Luiz Otávio Mesquita, e um empurrão ao vivo, durante o Domingo Legal, no SBT, causou um verdadeiro alvoroço nas redes sociais no início desta semana. Mas o que está por trás desse caos que se instalou no palco?

A coluna descobriu, com exclusividade, a verdade sobre o episódio, que parece ter deixado o apresentador Celso Portiolli sem jeito. Um passarinho verde nos contou que, pasmem, foi tudo combinado.

O objetivo dos envolvidos na suposta confusão queriam era gerar assunto, e parece que conseguiram, né?

Entenda o caso

Para quem não está entendendo nada, a gente explica: no último domingo (3/3), o Passa ou Repassa ultrapassou o limite da brincadeira. Isso porque o cantor Nego do Borel partiu para cima de Luiz Otávio Mesquita, filho do apresentador Otávio Mesquita, enquanto o programa estava ao vivo no SBT.

Tudo começou quando Celso Portiolli relembrou a luta entre Nego do Borel e Gui, na qual o MC saiu vitorioso. Luiz Otávio então zombou do funkeiro, que atravessou o palco para tirar satisfação com o influencer.

Nas imagens, é possível ver que o cantor vai até a equipe adversária, que estava de colete azul, encara e fala coisas para Luiz Otávio fora do microfone. Logo depois, o cantor empurra o filho de Otávio Mesquita com força, enquanto os outros convidados tentam acalmá-lo.

Mas as provocações não pararam por aí. Luiz pegou o microfone e voltou a falar com o artista: “Esse é você, [um] covarde. Só sabe empurrar, está acostumado”. Logo o apresentador Celso Portiolli entrou na confusão e levou Nego do Borel de volta para a bancada da equipe com a qual ele participava do dominical: “Vem aqui, você veio aqui pra brincar”, advertiu Celso.

Artistas faturam alto nas lutas de boxe

MC Gui e Nego do Borel subiram no ringue no último dia 24 e se enfretaram pelo Fight Music Show 4, que reúne cantores e influenciadores. Os funkeiros, que lutaram boxe pela primeira vez, receberam valores milionários pelo desafio.

De acordo com Leo Dias, o paulista, que saiu como o grande vencedor da noite, embolsou mais de R$ 2 milhões, valor que corresponde ao prêmio pelo triunfo e patrocínios. Já Borel, mesmo com a derrota, ganhou R$ 1,2 milhão.

Apesar do valor milionário, os valores recebdos pelos cantores ficou abaixo do que Popó e Kleber Bambam embolsaram. O ex-BBB foi nocauteado pelo tetracampeão mundial em 36 segundos. Apesar da surra histórica que levou na luta de boxe, o influenciador recebeu uma premiação milionária.

Segundo o colunista, Bambam faturou R$ 6 milhões com a luta e os valores arredondados pagos pelos patrocinadores. Popó, por sua vez, recebeu R$ 5 milhões. Logo depois da luta, marcada por provocações, Bambam e Popó gravaram vídeos juntos nas redes sociais em tom amistoso.

“Estou muito feliz, lutei com esse campeão aqui, essa fera aqui. Foi uma honra, primeira vez minha. A mão do cara é pesada demais, o Whindersson Nunes aguentou bem. Fizemos um show, né?”, disse Bambam.

“Te falar: maior evento que já teve na história do Brasil. De números, de visualização, internet, Instagram, internet bombou, os seus patrocínios parabéns, os meus também parabéns. Fico feliz! E fico feliz de ter sido seminocauteado pelo campeão”, completou o bodybuilder.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost