Jovem sai com amigas, morre em acidente e colegas fogem sem prestar socorro

Laura Rafaella estava na companhia de três amigas em um carro, a condutora capotou o veículo; Laura foi arremessada do veículo e morreu; a motorista e as outras duas ocupantes saíram do local

Uma comemoração de aniversário terminou em tragédia na Cidade Ocidental (GO). Laura Rafaella, 24 anos, morreu após sofrer um acidente no carro em que estava como passageira. O veículo era conduzido por Jackeline Costa, amiga dela, e ocupado por mais duas meninas de nomes não revelados.

Segundo as investigações, Jackeline abandonou a colega ferida — que teve o óbito declarado pelo Samu posteriormente — e fugiu do local sem prestar socorro. O estado de saúde das outras duas garotas não foi divulgado.

Jovem morreu na hora/Foto: Redes sociais/Divulgação

O acidente ocorreu por volta das 22h de domingo (23/6). A festa de aniversário era do marido de Jackeline e foi comemorado em uma chácara localizada no Quilombo Mesquita, a 11km do centro da Cidade Ocidental. À noite, após a bebida acabar, Jackeline saiu de carro na companhia de Laura e de outras duas meninas para comprar mais cerveja. Elas chegaram a ir ao estabelecimento, mas, na volta, o pior aconteceu.

Em um vídeo publicado minutos antes da tragédia e divulgado por Laura nas redes sociais, a jovem diz: “A Jack tá com ódio de alguém?!”, como se estivesse se referindo à velocidade do carro. Testemunhas contaram ao Correio que Jackeline estava sob efeito de álcool e, ao voltarem para a chácara, ela tentou fazer uma ultrapassagem perigosa, perdeu o controle do automóvel e capotou várias vezes.

Laura estava no banco de trás e foi arremessada pelo vidro traseiro do carro. Jackeline e as outras duas ocupantes saíram do local sem prestar socorro à jovem. O marido da motorista teria sido a pessoa responsável por ir ao local do acidente (já perto da chácara) e resgatar a mulher e as duas meninas. Laura só foi socorrida horas depois, após uma pessoa passar pela área e acionar os socorristas.

A família da vítima registrou um boletim de ocorrência na delegacia da cidade. O caso é investigado pela Polícia Civil (PCGO). A reportagem tenta contatos com a delegada da região e com a defesa de Jackeline. O espaço segue em aberto.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost