26 C
Rio Branco
21 abril, 2021 12:08 pm

Estado envia 600 testes para covid a serem utilizados em imigrantes na fronteira

POR SECOM

Preocupado com as condições de saúde dos imigrantes que estão no município de Assis Brasil, aguardando liberação para adentrar o território peruano, o governo do estado por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) enviou 600 testes rápidos para covid-19 ao município para serem disponibilizados aos imigrantes.

Divididos entre, o abrigo montado pelo município de Assis Brasil, e também acampados na ponte que faz divisa com o Peru, os imigrantes venezuelanos, africanos, haitianos e outros países, estão na expectativa da liberação da ponte, que em decorrência da pandemia foi fechada pelo governo do Peru.

Sensível à situação destes povos, não somente pelas condições sociais, mas também pelas condições de saúde, que neste momento de pandemia exige um olhar ainda mais atento, o secretário de Saúde Alysson Bestene, explica que o Estado enviou as testagem para que se tenha um acompanhamento e monitoramento para evitar uma possível elevação de casos de covid-19 na região.

Como medida de prevenção, e parceria entre governo e prefeitura, foram montados abrigos, disponibilizado um local de referência para testagem assim como um espaço específico de isolamento, para quem testar positivo e não necessitar de internação possa ficar isolado recebendo a assistência necessária.

Na última quinta-feira, o general da Força Nacional do SUS, Ridauto Fernandes, foi até a fronteira avaliar as unidades de Saúde e o trabalho que vem sendo realizado pelas equipes, e as condições dos imigrantes, nos abrigos e na ponte com o objetivo de levar a demanda ao governo federal.

De acordo com o coordenador do abrigo da casa de passagem dos imigrantes, Bruno Fiales, “o abrigo tem capacidade para 90 pessoas e oferta alimento e espaço para dormida, que é sempre alternados entre eles que se revezam entre a ponte e o abrigo”.

A gerente de Assistência da Unidade Mista de Assis Brasil, Valéria Moraes, que também realiza o monitoramento da situação explica que os testes chegaram na quarta-feira, 24, e são realizados de segunda a sexta-feira. “Até o momento 120 testes foram realizados pela equipe do posto de coleta do município mas nenhum testou positivo em fase transmissão”.

Em Assis Brasil, também a uma Unidade Básica de Saúde que é referência para covid-19 para atender a população de local. A Unidade Mista de Assis Brasil atende e referencia os casos que necessitem de maiores cuidados para o hospital Regional do Alto Acre localizado em Brasileia.