28 de maio de 2024

Maioria do MDB acha que Gladson não chama Jéssica para chapa; reunião com Vagner busca veredito

A reunião foi de portas fechadas, mas meus olhos e ouvidos estavam lá. Encontro entre membros do alto escalão do MDB-AC discutiu, na terça-feira (15) pormenores das eleições locais. Como divulgação da parte publicitária já foi feita pelo partido, vamos aos bastidores.

À mesa, foi colocada uma pesquisa de consumo interno que traz o pré-candidato Emerson Jarude ao Governo do Acre. Nessa reunião, o assunto Gladson Cameli quase não apareceu, não fosse por um motivo: a deputada federal Jéssica Sales quer seu apoio para alçar seu nome ao Senado da República. Para a maioria do partido, Jéssica vai continuar querendo.

Como a deputada é, hoje, um dos mais fortes nomes da sigla no Acre – em se tratando da ‘nova geração’ – existe uma ala que defende seu nome para o Governo. Ela já disse publicamente que não tem essa pretensão. Nesse contexto, quem sai na frente é Jarude, que não só quer como está nas ruas.

Por ser de uma das mais fortes famílias do Juruá, a família Sales, Jéssica vai ter mais uma oportunidade de dizer a roupa que irá vestir: governo ou senado. Uma reunião, na próxima semana, tem Vagner Sales, pai de Jéssica, como convidado de honra. Vai ser o encontro do Leão do Juruá com o Velho Lobo do Vale do Acre.

Importante lembrar que muita coisa pode acontecer até a data do encontro. Gladson está em Brasília, marcou agendas com membros do partido para resolver alianças e apareceu em um vídeo com o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e Márcia Bittar, postulante à mesma cadeira que Jéssica.

Algo me diz que tudo pode acontecer nesse encontro dos emedebistas. E, nesse momento, as cartas do jogo estão na mão de Vagner Sales.

Cantei

Gladson, Mailza e grande time do PP estão em Brasília. Pedra cantada por esse humilde jornalista. Devem voltar com mais claras informações sobre a chapa majoritária. Ao ContilNet, o governador disse que, na quarta (16), ele, Mailza e Ciro se reúnem para colocar um fim, de uma vez por todas, nessa situação envolvendo sua chapa para as Eleições 2022.

Cantei²

Também disse que o senador Marcio Bittar (UB-AC) não foi encontrar com o também senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) para brincar de bolinha de gude. Vídeo que circula nas redes sociais mostra a pré-candidata ao Senado Márcia Bittar, governador Gladson Cameli e senador Flávio. “Em breve, teremos novidades”, anuncia Flávio, após uma enxurrada de elogios a Marcio, que não aparece no vídeo.

Água no chopp

O deputado federal Vander Loubet (PT-MS) disse que Acre está entre os estados bem posicionados, onde o PT pensa em alçar candidaturas próprias. Se isso se tornar realidade, é água para mais de metro no chopp da pré-candidatura de Jenilson Leite (PSB-AC), que continua posta.

CPI do Busão

Marcus Alexandre e Sawana Carvalho são convocados para depor na CPI do Transporte Coletivo. Oitiva marcada para a próxima terça-feira (22), na Câmara Municipal de Rio Branco. Outros ex-gestores devem ser convocados. As datas são divulgadas paulatinamente pela comissão.

Gladson Cameli

Uma fonte palaciana me disse que o governador não pensa em sair do Progressistas, mas existe a possibilidade. Vai depender da performance de todos os seus encontros marcados em Brasília.

Emerson Jarude

A tal pesquisa de consumo interno deu uma boa animada nos cardeais do MDB em se tratando de Emerson Jarude, pré-candidato ao Governo. Logicamente, não posso falar dos pormenores, por se tratar de levantamento não registrado. Mas posso dizer o que o partido, indiretamente, já dispara por aí: qualifica o ‘menino’, como foi chamado Jarude na reunião.

Zerar filas

O senador Marcio Bittar (UB-AC) totaliza R$ 30 milhões em emendas parlamentares – que já estão pagas – à saúde do Acre. Quer zerar as filas de cirurgias em todo o Acre. Bittar não brinca em serviço.

Homenageado

O senador deve ser homenageado, ainda esta semana, por conta da contribuição recorde à saúde acreana. Nada mais justo. O senador Marcio trouxe ao Acre cifras nunca antes vistas.

Diário oficial

Quem quiser saber como as prefeituras estão se articulando para as eleições, simples: basta abrir o Diário Oficial. Nos municípios pequenos, você consegue saber até os envolvidos por trás de certas ‘parcerias’.

Diário oficial²

Tem dois municípios do Acre que são muito unidos. Secretários de ambos transitam entre um e outro, servidores ficam lá e cá. Já aconteceu até de o exonerado de um ir parar como nomeado no outro. É muito lindo de se ver.

Chegou a hora

Tenho ouvido de muitos gestores municipais que esse é o ano de honrar algumas parcerias feitas, e cumprir algumas promessas. Nada como um ano eleitoral para fazer as pessoas ficarem reflexivas, né?

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost